Fechar busca

Digite o nome do produto

Digite o nome do produto e toque em Ir ou selecione um produto da lista.
R$ 0,00

Meu Carrinho

 

Que a alimentação é de extrema importância para a vida todo mundo já sabe, mas você sabia que há um grande desperdício tanto de alimentos quanto de nutrientes desde a colheita até o consumo dos mesmos?

“Segundo a ONU, cerca de um terço de todos os alimentos é perdido ou desperdiçado em todo o mundo no caminho que vai desde a produção da comida até o seu consumo, ao mesmo tempo em que 800 milhões de pessoas encontram-se subnutridas” (ONU, 2015).

Ainda segundo a ONU, o Brasil tem um gasto de 12 bilhões de reais com o desperdício de alimentos todos os anos (ONU, 2010).

Esse desperdício gera aumento do volume de lixo produzido e, consequentemente, aumento na produção de gases poluentes. “O desperdício de alimentos é responsável por 8% das emissões de gases que causam o efeito estufa” (ONU, 2015) e ainda calculando tudo que é jogado fora, apenas 25% já seria suficiente para abastecer a população com fome.

 

Por meio do Aproveitamento Integral dos Alimentos podemos otimizar a oferta dos nutrientes que os alimentos nos oferecem, diminuir a produção de lixo e a produção de gases poluentes, e ainda reduzir os gastos financeiros com alimentação.

 

Tudo pode ser aproveitado ou reaproveitado. A professora Adriana Martins, do curso de Nutrição do Centro Universitário FAG explicou a diferença dos dois conceitos. “Reaproveitamento é uma preparação que você tem. Você fez um arroz, sobrou arroz do seu almoço, você vai fazer um pão, uma torta salgada, um bolinho de arroz que seja. Isso se trata de um conceito dentro do reaproveitamento, onde você parte de um alimento e faz outra coisa. O aproveitamento integral é um conceito dentro da sua forma integral. A banana ela tem a casca e a polpa. Então quando a gente só come a polpa dela, e joga a casca, a gente não está aproveitando a banana na sua forma integral. Isso vale para todos os alimentos. Como o abacate, ele tem um caroço considerável. Ele pode ser reaproveitado. Tanto a casca quanto a semente, ele tem um valor nutricional extremamente alto, e a gente joga fora”. Ambos conseguem agregar a utilização dos alimentos para consumo de outro. Segundo Adriana, os alunos do curso de nutrição provaram que é possível aproveitar sementes de alimentos que a gente nem imagina, como abóbora, melancia e abacate, para criação de farinhas que posteriormente, foram utilizadas para a produção de um cookie.

 

Abaixo relacionamos alguns exemplos de partes/alimentos que podem (e devem!) ser aproveitados integralmente:

  • Folhas de: cenoura, beterraba, batata doce, nabo, couve-flor, abóbora, mostarda, hortelã e rabanete;
  • Cascas de: batata inglesa, banana, tangerina, laranja, mamão, pepino, maçã, abacaxi, berinjela, beterraba, melão, maracujá, goiaba, manga, abóbora;
  • Talos de: couve-flor, brócolis, beterraba, salsa, etc;
  • Entrecascas de melancia e maracujá;
  • Sementes de: abóbora, melão, jaca;
  • Pão amanhecido;
  • Pés, pescoço e carcaça de galinha.

Que tal colocar na prática e fazer uma receita gostosa utilizando o alimento de forma integral ?. Separamos duas receitas para te inspirar:

 

 

 

ALMÔNDEGAS DE CARNE E CASCA DE MELANCIA

 

 

INGREDIENTES:

800g de carne moída;
2 ovos;
1 xícara de chá de cebola em cubos pequenos;
1 colher de sopa de alho picado;
1 colher de chá de sal;
1 xícara de chá de salsinha picada;
1 1⁄2 xícara de chá de cenoura ralada com casca;
1 1⁄2 xícara de chá de repolho roxo picado;
1/2 xícara de casca de melancia ralada;
2 xícaras de chá de aveia;
1 colher de sopa de óleo (para untar o tabuleiro);

 

MODO DE PREPARO:

1.Pré-aqueça o forno a 170°;
2.Em uma tigela, misture todos os ingredientes, exceto o óleo.;
3.Molde bolinhas com a massa e distribua-as em no tabuleiro untado com óleo;
4.Asse por 20 minutos ou até dourar.

 

RENDIMENTO:

10 porções

 

PÃO DE CASCA DE BANANA

 

 

INGREDIENTES:

6 bananas com casca;
1 xícara de água;
1 xícara de leite;
30g de fermento fresco;
1/2 xícara de óleo;
1 ovo;
1/2 pitada de sal;
1/2 kg de farinha de trigo.

 

MODO DE PREPARO:

 

1.Bater as cascas de bananas e a água no liquidificador;
2. Juntar o óleo, os ovos e o fermento e bater mais um pouco;
3.Acrescentar a farinha, o sal e o açúcar e misture;
4.Por último, colocar na massa as bananas em rodelas;
5.Colocar a massa em uma forma untada com margarina e farinha de trigo;
6.Deixar crescer até dobrar de volume e levar para assar em forno pré-aquecido.

 

Se cada um fizer sua parte teremos um planeta mais saudável e justo. Juntos por um mundo mais sustentável e feliz!